Coliving, Coworking e Multifamily = 2021

As tendências de investimento começam a acentuar-se no nosso mercado.


Os indicadores avançados por diversas empresas da área e outros organismos continuam a demonstrar, também, uma tendência de investimento (principalmente estrangeiro) relacionado com o "built to rent", o coliving e o cowork.

Aliás um tema que abordamos amiúde em algumas das publicações anteriores.


Após um ano complexo em todas as perspectivas, e com a expectativa de mais um confinamento, o mercado tem-se mantido resiliente, principalmente com a continuação de alguns dos investimentos que se encontravam em desenvolvimento, assim como pelos factores abordados na nossa última publicação: taxas de juro baixas, baixo nível de stock, novas necessidades dos consumidores, entre outros factores.


Este novo ano continua a trazer desafios, assim como expectativas relativamente às ambições e tendências, seja por parte dos investidores como dos próprios consumidores e das suas expectativas e capacidades de adquirir e investir em novas residências.

Se há segmentos que possuem uma capacidade continuada de investir em novos espaços, dados começam a emergir (nomeadamente noutras geografias), de que há gerações que começam a ter preocupações, e mesmo hesitação, no investimento em novos espaços.


Tendências como o Coliving, Coworking e o Built-to-rent começam a sedimentar e a chegar de forma mais intensa ao nosso país, nomeadamente seguindo o que já tem sido hábito em outras geografias.

Soluções que têm vindo a ser incrementadas pela pandemia Covid 19 e pelas alterações forçadas aos hábitos de muitos de nós, nomeadamente o "work from home", particularmente forte em determinadas actividades e sectores.


Será o ano em que estas soluções começam a ganhar expressão para os investidores, promotores e consumidores no nosso país, como aparentam os movimentos no mercado?


Qual a sua opinião?


Podem encontrar a análise, as respostas e informações no âmbito de actuação da IMOBINTEL no site e nas nossas publicações.

Continue a seguir as nossas publicações, enquanto mantemos uma atenção especial a esta evolução do sector imobiliário nacional na Imobintel.

A Imobintel dispõe de um observatório permanente sobre tendências (politicas, económicas, sociais, tecnológicas, legais e ambientais) que possam ter impacto relevante no sector imobiliário. Somos focados na prospectiva e no planeamento estratégicos, que acreditamos ser a formula excelente de diagnóstico, análise e resolução dos problemas de gestão de empresas e de projectos de investimento.